Pesquisa revela o perfil empreendedor do brasileiro


O brasileiro não tem o perfil empreendedor e apenas 9% da força de trabalho do Brasil apresentam traços de Dominância no perfil comportamental. Esse DNA foi revelado em pesquisa que avaliou resultados na aplicação da ferramenta assessment DISC – um teste de personalidade realizado por milhões de pessoas em todo o mundo – realizado por 1,3 milhão de profissionais do Brasil durante os últimos cinco anos.

O DISC utilizado atualmente é baseado nos estudos do psicólogo William Moulton Marston, que nos idos de 1920 nos Estados Unidos, mostrou que todo ser humano é constituído, em intensidade maior ou menor, por quatro fatores comportamentais: Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade/Cautela, que formam DISC. normais. O DISC tornou-se uma das ferramentas de análise de perfil comportamental mais utilizadas no mundo.

A Multipla Consulting & Training é credenciada na plataforma EPIC e o professor Adilson Neves vem realizando devolutivas de perfil DISC há alguns anos e diz ele: “percebo que o perfil dos brasileiros não contempla o empreendedorismo e o índice é muito baixo. Muitos empreendem muito mais por necessidade do que por perfil.”

O estudo revelou que 44,72% dos perfis comportamentais – sendo 47% de homens e 53% das mulheres - têm predomínio da Conformidade, destacando-se ainda a Estabilidade, ou seja quase a metade dos profissionais brasileiro. Esse fatores combinados traçam um perfil de autodisciplina, meticulosidade, reflexão analítica, persistência, precisão, capacidade de análise, organização, ambientes estruturados e planejamento. Pessoas que gostam de seguir regras, normas e procedimentos sem questionar.

Portanto, no Brasil há uma forte presença de pessoas que têm a tendência de esperar os fatos acontecerem e alto grau de aversão ao risco, preferindo situações sem incertezas. A comunicação tende a ser menos assertiva, pois o brasileiro é mais cuidadoso nos relacionamentos. A maioria da população admite a hierarquia e não se opõe a ela, evitando o conflito, sem desafiar o poder.

O Brasil é mais coletivista e menos individualista, pelo alto índice de Influência e Estabilidade presentes na cultura nacional, o que é diferente de outras culturas mais individualistas onde o nível de empreendedorismo é muito mais alto.

Por outro lado, a geração Y, dos nascidos entre 1978 a 1980, tem um perfil mais de Dominância, o que explica o fato de a juventude que estar envolvida em empreender no mundo da tecnologia, inclusive no Brasil.

O segredo é saber aproveitar os talentos e desenvolver as competências necessárias para o negócio de cada empresa, através de Mapeamento de Competências Individuais, de modo a saber quais e como lidar com cada colaborador e, se necessário, adequar cada um no perfil de cargo mais próximo das suas competências, distribuindo-os na estrutura organizacional.

A Multipla Consulting & Training é capacitada a estudar e propor alternativas para desenvolver as melhores estratégias em desenvolvimento humano.

Fonte: Materias publicadas na revista HSM e Você S.A.

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Tags
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon

© 2016 by Multipla Consulting & Training

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Curitiba - PR - Brazil