A disrupção chegou ao binômio montadora x concessionária



Toyota

Depois de assistirmos alegremente o fenômeno do Uber e do Lyft no setor de transportes nos Estados Unidos e, depois, pelo mundo afora; e vermos recentemente outro fenômeno na área de bancos, com o sucesso estratosférico do Nubank, do C6 Bank e do Banco Inter; depois seguido pelos outros, com a conta digital; fomos surpreendidos com mais uma disrupção agora no setor automobilístico.

Eu mesmo recebi um e-mail e vi alguns anúncios nas mídias sociais da Toyota – uma tradicional montadora japonesa – oferecendo o aluguel de veículos zero quilômetro.

Depois, acabei assistindo a um video do consultor Francisco Madia, uma pessoa que conheci na década de 1990, por ai, em Sampa, em um evento de gestão.

Dava para imaginar montadora alugando carros?

Lembro-me bem que anos atrás, não muito, as montadoras tiveram que mudar o perfil com o advento das locadoras de automóveis, aliás, grandes empresas que praticamente transformaram-se em grandes clientes ao adquirir milhares de veículos para alugar e, depois, passaram a ser revendedores de usados, dentre as quais a Movida, a Unidas e a Localiza, apenas para citar algumas mais fortes, que hoje compram cerca de 50% da produção automotiva do país, um volume significativo neste setor.

A Unidas, por exemplo, também me enviou propaganda de aluguel de carro zero, propondo uma ideia de economia com o aluguel e não mais a compra.

Mas, voltando ao nosso tema, não faz tempo que a relação entre montadora e revendedora era algo muito precioso e que, ao longo dos anos, foi sendo transformada.

No entanto, agora assistimos uma verdadeira mudança no setor, quando o verbo muda de comprar para alugar, quebrando a ideia de ter, possuir.

De um bem de compra, o automóvel começa a ser um item descartável, ou seja, eu alugo e uso; depois, devolvo para a montadora.

É isso que a Toyota está propondo ao lançar o sistema, via aplicativo gratuito TMS – o Toyota Mobility Services, através do qual podemos alugar um carro por hora ou por dia – a escolha é nossa -, com todos os modelos disponíveis, direto na concessionária que esteja credenciada para oferecer a inovação disruptiva. De 19 a 899 reais por hora, de um carro mais simples a um Lexus luxuoso, podendo alugar em um lugar e devolver em outro, desde que seja em concessionária credenciada a oferecer o serviço.

E ainda tem código promocional e descontos de Black Friday.

Era possível pensar nisso anos atrás?

Pois bem, esse tempo disruptivo chegou e a Toyota resolveu sair na frente e testar o mercado.

E vem mais por aí com o fim dos combustíveis fósseis e a chegada dos carros elétricos ao nosso cotidiano, haja vista que praticamente todas as montadoras já desenvolveram e estão disponibilizando esses veículos aos seus clientes, ainda muito caros; mas, com o tempo, sabemos que chegarão a valores mais razoáveis.

Vamos aguardar os próximos passos e qual será o comportamento das outras montadoras que operam no Brasil.


Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procure por Tags
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon

© 2016 by Multipla Consulting & Training

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Curitiba - PR - Brazil